Incríveis Exemplos

Se tem uma coisa que abomino é quando as pessoas se utilizam de palavras chave como Deus, família, filhos, religião e similares a fim de conquistar os mais simples e também os preguiçosos mentais. Em nome de Deus, da família, da moral, do tradicionalismo e dos bons costumes tive o desprazer, inúmeras vezes, de estar diante de um autoritarismo cego e imbecil onde respostas não existiam. Pessoas extremamente malucas que agiam como bem entendiam sempre como que um instrumento dos itens acima citados. Aos olhos da sociedade, percorriam um caminho perfeito e exemplar. Ao mesmo tempo em que, secretamente, traíam suas esposas, maridos, roubavam dinheiro das poupanças dos mesmos, colocavam os filhos em risco e muitas outras situações nem um pouco positivas. E todas essas pessoas eram vistas, quase que unanimemente, como um exemplo a ser seguido. Numa mão seguram um terço e com a outra, te espancam.

Ao acompanhar toda a votação, foi como reencontra-las. Os discursos eram os mesmos, com a diferença de que, ali na câmara,

Essas são apenas algumas das várias vítimas de Carlos Alberto Brilhante Ustra, diretor do DOI-CODI, que na ditadura torturava mulheres grávidas e enfiava ratos em suas vaginas. Ele foi um dos torturadores de Dilma Rouseff, e também foi o mesmo homem a ser homenageado por Bolsonaro em seu discurso na votação do impeachment.

Essas são apenas algumas das várias vítimas de Carlos Alberto Brilhante Ustra, diretor do DOI-CODI, que na ditadura torturava mulheres grávidas e enfiava ratos em suas vaginas. Ele foi um dos torturadores de Dilma Rouseff, e também foi o mesmo homem a ser homenageado por Bolsonaro em seu discurso na votação do impeachment.

discutiam o rumo do país.

Mas o tempo me mostrou que essas pessoas, pelo menos todas as que conheci, terminam muito mal. Corpo e mente não aguentam tanto anos de tensão. Elas pifam das mais variadas maneiras. E quando isso acontece, todos esses segredos escorrem como quando um ovo cai no chão. Daí para frente, é um mergulho sem fim na desgraça que criaram.

E me conforta a ideia de que, cedo ou tarde, pessoas que mantém tal postura, pifarão.

Ao som de Duran Duran – Face for Today

(Visited 247 times, 1 visits today)
Please follow and like us:

Você pode gostar...

Comentários no Facebook