A Música Que Toca Cada Um (HURTS)

Certas bandas são capazes de te virar do avesso, nos mergulhando num lugar onde nossos sentimentos são potencializados e e desregrados. E mesmo após escuta-los inúmeras vezes, tal sensação permanece.

Através destas canções você encontra um novo útero onde pode descansar, uma briga onde pode gritar e rasgar, um lugar onde as sensações de atos variados não têm limites e principalmente desejar nunca morrer para jamais deixar de escuta-las.

Cada um tem suas bandas/cantores(as)/projetos/décadas/estilos preferidos, mesmo que muitos sejam totalmente diferentes. Para conversarmos sobre tais sensações, primeiramente devemos deixar de lado o gosto musical. Vai muito além da complexidade do trabalho e sim de tudo aquilo que vivemos até o momento em que escutamos determinada canção. A partir daí, inicia-se um diálogo onde somos espectadores. E ser espectador de si é intenso.

Atualmente, os trabalhos mais recentes que me colocam neste lugar são os discos do duo inglês Hurts, que em 2015 lançaram seu terceiro disco, Surrender.

Segue abaixo todos os clips de sua carreira (Até o momento)

Lights (Na minha opinião um dos melhores clips pop dos últimos anos):

Stay:

 

Wonderful Life:

Sunday:

Hurts – All I Want For Christmas is New Year’s Day –

Better Than Love –

Illuminated –

Better Than Love –

Blood, Tears & Gold –

Miracle –

Blind –

Somebody to Die For –

Some Kind Of Heaven –

Wish –

Wings –

Nothing Will Be Bigger Than Us –

Ao som de Hurts – Surrender

 

(Visited 92 times, 1 visits today)
Please follow and like us:

Você pode gostar...

Comentários no Facebook