Você e a Atendente

Semana passada liguei para a Net e quem me atendeu foi uma moça que além de entender tudo errado, não me assustaria se ela dissesse que só atendeu por que a amiga foi ao banheiro. Eis o diálogo:

– Queria saber sobre a promoção Y.

– Senhor, nos três primeiros meses o valor é de 10 reais, depois passa para 90.a-uber-passou-se

– Está me chamando de idiota?

– Mas é que você tem direito a 100 minutos no telefone fixo, que a partir do 4* mês virá com uma taxa de 16 reais.

– Eu não uso telefone fixo.

– Tem também os canais…

– Eu não assisto tv. Eu só quero internet, é possível?

– Sim, mas a taxa de instalação é quase 200 reais e a mensalidade é quase 100.

– Resumindo, vocês não tem nada que possa satisfazer um cliente como eu, que quer uma única coisa e nada mais.

– Infelizmente não, senhor.

– Ok. Boa noite. Muito bom saber como vocês trabalham. Quando quiser algo que não tem nada a ver com nada, pode ter certeza de que retornarei a ligação. Boa noite.

Aproveitei o embalo para ligar para a TIM, pois queria ver o que tinham a me oferecer quanto à internet. A atendente falava como se mascasse dez chicletes ao mesmo tempo. E como a amiga da Net, também não entendia o que ali estava fazendo.

– Senhor, existe um plano num valor X, outro de 40….

– Ok, o que não entendi é que, se as horas são diárias, por quê eu pegaria um plano acima do de 20 horas sendo que o dia só tem 24 horas em qualquer lugar do mundo?

– Esse plano é para aqueles que ficam conectados o tempo todo.

– Mesmo o tempo todo significa 24 horas. Não tem lógica pagar por 40 horas diárias sendo que todos os dias são de 24 horas. Tem certeza de que isso é diário?

– Aguarde um instante senhor.

Passado um minuto ela retornou.

– Senhor, esse plano é para 20 horas mensais, senhor. O senhor que administra como as usará.

– Ok. Quero saber sobre os planos de internet ilimitado.

– Mas é você quem administra sua hora.

– Isso eu entendi, mas não me interessa comprar um pacote de horas. Quero uma internet 24H e de preço fixo.

– Existe essa de 49,90, com velocidade de 300 KBPS, sendo que, ultrapassando esse limite, você pagará a diferença.

– Querida, 300 KBPS é a velocidade, e não a quantidade que você pode utilizar. images

– O senhor está certo, senhor.

Nisso ela deve ter colocado mais uns cinco chicletes na boca, o que quase me fez gritar umas dez vezes: – O quê? Não entendi!

– Senhor, essa é ilimitada, sendo que, se o senhor ultrapassar a velocidade de 300 kbps, terá de pagar mais.

– Ah sim, então o modem vem acoplado a um acelerador, certo? Por que nunca vi isso de poder aumentar ou diminuir a velocidade

da conexão estando fora da empresa. Se vocês não mudam a velocidade sem meu consentimento, então nada disso pode acontecer.

– Senhor, o senhor está certo, senhor.

– Quanto custa o modem?

– Isso não sei lhe informar senhor, somente numa loja mais próxima! Senhor.

– Como você não tem acesso a algo como o preço de um modem?

– Senhor, infelizmente não tenho, senhor.

– Então eu posso ver todos os planos e tudo mais lá?

– Creio que sim, senhor.

– Ok. Obrigado.

– A TIM agradece sua ligação.

– Ah, valeu viu!

Quem são essas pessoas contratadas pelas empresas? O tão dito treinamento deve ser algo como uma conversa de cinco minutos, (Tipo a amiga da esposa do dono da empresa que precisa urgentemente de um emprego):

– Olha, é assim. A pessoa liga, você concorda e vai lendo aqui (Aponta para a tela de um computador). Se não souber, manda esperar, ofereça outro serviço ou então concorde, sempre iniciando e terminando com senhor. Qualquer coisa, desligue e finja que a linha caiu.

É por essas e outras que sempre veremos (ou escutaremos) alguém gritando ao telefone. É horrível ligar para uma empresa que te trata como se estivesse fazendo um favor. Evite ligar para esses atendentes o quanto for possível, pode resultar em doenças.

Ao som de Natalie Imbruglia – Be With You

(Visited 72 times, 1 visits today)
Please follow and like us:

Você pode gostar...

Comentários no Facebook