A Central do Brasil

A Central do Brasil no Rio de Janeiro soa (pelo menos pra mim) como um lugar poético, um coração urbano onde veias e artérias se 13mai2014-paralisacao-dos-rodoviarios-do-rio-de-janeiro-fez-com-que-os-pontos-ficassem-lotados-os-poucos-onibus-que-circularam-estavam-cheios-1399979617700_956x500encontram com seu fluxo contínuo e intenso. Porém a realidade é outra: Uma versão “melhorada” do ambiente encontrado em filmes de mortos vivos. Pouca iluminação, sensação de perigo constante e a enorme vontade de se ver longe dali o mais rápido possível. E ileso.

Esqueça a faixa homônima (e instrumental) da Legião Urbana, assim como o filme estrelado por Fernanda Montenegro. Estar na Central do Brasil é um teste para os sentidos e a alma. Felizes aqueles que sobrevivem a este coração que, infelizmente, representa a atual condição da cidade que, de maravilhosa, só tem a camuflagem.

Espero, daqui algum tempo, ler este texto e ter a certeza de que foi apenas um momento ruim na trajetória de uma cidade plural onde a maioria vive para sobreviver.

E a gente segue agradecendo por não ser assassinado.

(Visited 222 times, 2 visits today)
Please follow and like us:

Você pode gostar...

Comentários no Facebook